PODEM VIR, QUE POR NÓS NÃO PASSARÃO!

Bom dia de sábado para todos!
Nossa sociedade, todos sabem, é natural e geneticamente pacífica, não por convicção moral, mas por pura acomodação no sofá da sala, onde é refém de “passatempos” como – respectivamente e por ordem decrescente de importância – o futebol, o carnaval, os BBBs da vida, as idiotizantes novelas, dentre outros apelativos “globeleza” que colaboram para a mantença de um corpo social regado a álcool, circo, sombra e água fresca.
Esse marasmo só é quebrado, curiosamente, a cada meio século. Em 64, o caos crescente de governos ostensivamente comunistas, mexeu com os brios daqueles que, como eu, defendem uma pátria democrática e livre de excrescências (a exemplo dessa ideologia canalha, bastarda e destrutiva, chamada, com indizível desprezo, de petralho-comunismo). Transcorridos cinquenta anos (2014) esse arremedo de partido político que mais se assemelha a uma quadrilha de celerados marginais da pior espécie, se reergue e vai formando suas bases para a “bolivarianização” da nossa pátria, a mando de asquerosos indivíduos como os Castro, os “Maduro” – ou melhor, podre -, as Kirchner, os Morales, et caterva, graças a uma eleição ostensivamente manipulada, com urnas fraudadas sob as vistas grossas da nossa injusta conivente justiça.
Declarações se sucedem no meios de comunicação de massa (veja em:http://www.asmirpb.com.br/noticias/ver/id/825), cada vez mais contundentes (com merecida razão), enquanto a larga sociedade vai se acomodando em seu sofá para mais quatro, oito, doze, vinte anos de “ditadura do proletariado” (como esses celerados gostam de alardear, embora nunca tenha eu visto proletários montados em fortunas incalculáveis…). Meios de comunicação de massa, lembro o atento leitor, que hoje são alvo dos grosseiros e truculentos planos dessa petralhada alienada, no sentido de amordaçá-los de vez e para sempre, como consta do famigerado relatório petralha da última reunião de sua diretiva nacional.
A caserna pode até estar dividida, não se duvide disso, mas certamente que é gritante maioria aquela parcela que ainda defende o patriotismo em primeiríssimo lugar.
Não vamos nos curvar a nenhum “bolivarianismo” de meia tijeta e boquirroto, tenham certeza disso. Brasil não é Venezuela, nem Argentina, nem Bolívia, nem Equador, nem Cuba; está muito acima dessas pobres nações que hoje sofrem o jugo asqueroso de um comunismo que chafurda no esgoto das iniquidades humanas.
Há 25 anos, o “muro da vergonha” (mais um bastião desses aloprados comunistoides) foi derrubado pela força das massas sociais, expondo às claras as mazelas dessa ideologia criminosa: uma Berlim pujante, moderna, ativa e viçosa, do lado ocidental, contra uma Berlim escura, acinzentada, fantasmagórica, triste, sofrida, escravizada, do lado oriental. Apenas um mero exemplo ilustrativo do que nos espera se permitirmos que esses petralhas comunistoides nos dominem e levantem uma nova versão desse “muro da vergonha” em nosso continental país.
Reflita, grite, esperneie, vocifere, aja contra essa canalha que há mais de uma década nos destrói impunemente, com a clara intenção de também nos escravizar!
Chega de PT, chega de comunistas, chega de ladrões e traidores da pátria, chega de Lula, Dilma et caterva!!! Chega, chega, chega!!!
Nós não somos debiloides!!
Podem vir que por nós NÃO PASSARÃO!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: